Fogo Morto

Fogo Morto Fogo Morto o d cimo romance de Jos Lins do Rego O texto gira em torno de tr s personagens Jos Amaro Lu s C sar de Holanda Chacon e o capit o Vitorino Carneiro da Cunha maior personagem n o s do

  • Title: Fogo Morto
  • Author: José Lins do Rego
  • ISBN: 850301050x
  • Page: 125
  • Format: Paperback
  • Fogo Morto 1943 o d cimo romance de Jos Lins do Rego O texto gira em torno de tr s personagens Jos Amaro, Lu s C sar de Holanda Chacon e o capit o Vitorino Carneiro da Cunha maior personagem n o s do livro, como de toda a obra de Lins do Rego um romance essencialmente triste e com uma presen a forte de loucura uma das obsess es do autor, asim como morte e Fogo Morto 1943 o d cimo romance de Jos Lins do Rego O texto gira em torno de tr s personagens Jos Amaro, Lu s C sar de Holanda Chacon e o capit o Vitorino Carneiro da Cunha maior personagem n o s do livro, como de toda a obra de Lins do Rego um romance essencialmente triste e com uma presen a forte de loucura uma das obsess es do autor, asim como morte e sexo A hist ria se desenrola em torno do engenho de Santa F.

    • Free Download [Poetry Book] ✓ Fogo Morto - by José Lins do Rego ↠
      125 José Lins do Rego
    • thumbnail Title: Free Download [Poetry Book] ✓ Fogo Morto - by José Lins do Rego ↠
      Posted by:José Lins do Rego
      Published :2018-05-15T14:00:14+00:00

    1 thought on “Fogo Morto”

    1. Demorei duas semanas para terminar a primeira parte, quatro dias pra segunda, e um pra terceira. Ou seja, esse livro vai melhorando enquanto você vai lendo e tem um final muito bom.

    2. O livro é um primor – é bom começar pelo óbvio. Prende tanto, é tão interessante, que eu me peguei lendo andando e quase me acidentei, de tão absorvente. Contando a mesma história, a narrativa perpassa três núcleos, três sóis que são o mestre José Amaro, o capitão Lula de Hollanda e o capitão Vitorino. O primeiro é um sol de caatinga, ríspido, amargo. Consumido por uma doença degenerativa do corpo e irritante da alma, o pobre mestre não deixa de ser uma criatura fascinante. [...]

    3. Um dos principais livros de nossa literatura, trata do ciclo da cana de açúcar, sua formação, ascensão e declínio. Um livro triste que traz um dos personagens inesquecíveis da literatura brasileira, o capitão Vitorino Carneiro, que pela sua triste figura costuma ser comparado a Dom Quixote.

    4. Livro incrível, uma união maravilhosa da tradição popular e da literatura. personagens inesquecíveis, muito humanos e sensíveis, uma verdadeira obra-prima!

    5. A descrição desta obra está toda contida no título - ler o romance é fogo e, ao final, você estará morto.

    6. Excelente romance.Os três personagens foco são muito bons. José de Amaro conquistou-me desde a primeira página, e a sua amargura me tocou bastante. Lula de Holanda foi muito bem trabalhado, embora mais difícil de simpatizar. Vitorino Carneiro da Cunha cresceu em mim com o decorrer da história (o que aconteceu com os personagens do próprio romance, ao que me parece), e posso dizer que acredito nele. Vitorino parece trazer valores tradicionais de honra (a sua coragem, e o seu orgulho pela s [...]

    7. Fogo Morto é a obra prima de José Lins do Rego, e também a última obra-prima do regionalismo neo-realista da década de 1930. Boa parte da obra do autor é dividida em "ciclos" e Fogo Morto é o quinto e último livro do "ciclo da cana de açúcar". O seu estilo contido e direto lembra "Vidas Secas" de Graciliano Ramos, que assim como Gilberto Freyre (Casa Grande e Senzala) foram amigos pessoais do autor. O estilo de escrita simples, livre das convenções gramaticais (sem procurar "escrever [...]

    8. Uma aula de história. José Lins do Rego nos mostra, com muita genialidade, como as mudanças políticas ocorridas no século XIX no Brasil reverberaram na vida das pessoas do interior. O autor cita cangaceiros, decadentes senhores de engenhos, escravos antes e depois da abolição, as tropas do governo brasileiro e sua impiedosa/violenta jornada pela legitimação da recem formada república. Ótima leitura.

    9. O livro é dividido em três partes, narrando a vida de três personagens que se entrelaçam constantemente, José, Lula e Vitorino, que representam essa época e essa terra. É uma obra prima difícil de explicar mas que prende o leitor a cada página.

    10. Capitão Vitorino vale pelo livro todo. Ele é um dos personagens mais marcantes e mais bem construídos que já li.

    Leave a Reply

    Your email address will not be published. Required fields are marked *